terça-feira, 1 de abril de 2008

45 - Cabo do Medo

Original: Cape Fear

Lançamento: 13/09/1991

Atores: Robert De Niro
Nick Nolte
Juliette Lewis

Diretor: Martin Scorsese



Calma galera, esse não é um filme pornô com um superdotado. É um filmaço com um dos maiores vilões do cinema: Max Cady. Pra ter um nome como Max, ou você é um cara sinistro ou um cachorro. Ser advogado de criminosos é difícil, ou você vence o caso e é morto por saber demais, ou você perde e é morto. Além disso, o advogado tem que ter boa imaginação pra inventar histórias de defesa. Imagina o advogado do Beira-Mar: “Meritíssimo, o meu cliente não enfiou um cabo de vassoura no fiofó do seu amigo de cela. A verdade é que ele estava varrendo a cela, escorregou e caiu sentado na vassoura. Foi uma infelicidade, obra do acaso”.

Veja o trailer da época (época que o Big Mac vinha em caixa de isopor).



Cenas de tensão e suspense não faltam. Já começa com a cena clássica do Max Cady malhando (ui!) na cela com as tatoos nas costas, braços e até dedos (é quase um livro ambulante, com prefácio do Osama). Pra mostrar que o Max é mau mesmo, ele viaja debaixo do carro, é... sinistro (será que ele leva um refri, cheetos na viagem?). Mas Max também é cérebro, aprendeu tudo sobre Deus, filosofia e Direito na prisão. O que acho engraçado é que todo preso de filme americano sai da cadeia mais instruído, então em vez de mandar as crianças pra escola deveriam mandar pra prisão, não? Abaixo uma cena hilária e sinistra ao mesmo tempo (queria saber que filme eles estavam vendo no cinema, Top Gang? Ace Ventura? Lista de Schindler?).



O elenco é fantástico. De Niro é simplesmente show, ele faz um personagem que finge ser normal e boa praça, mas na verdade é um animal, vingativo (mau que nem o lobo mau). Com certeza um dos melhores vilões do cinema, junto com Darth Vader, Hannibal e o caçador que matou a mãe do Bambi (maldito caçador... snif... Por que? Snif... Bambi! Trauma é foda...). Nick Nolte também tá muito bem como o advogado, o que dá nervoso é a voz dele, parece que tá com alguma coisa entalada na garganta (fala logo homi!!!). Pra finalizar a lindinha da Juliette Lewis fazendo a inocente adolescente que se interessa pelo Max. Sempre achei ela um charme. Por que? Não sei, apenas acho. Abaixo uma cena caliente dela com o “professor” de teatro (nossa!! A chupada de dedo é pra ficar maluco!!).



O filme é sobre Max Cady que é condenado a prisão por culpa do seu advogado que omite provas. Após 14 anos, ele volta pra se vingar (calma, não é outro filme do Charles Bronson). Como estudou as leis na prisão, ele começa um jogo psicológico e dentro da lei com o seu ex-advogado. Inclusive seduz a sua filha (tudo bem que ela era bem safadinha). No fim, a família resolve dar um passeio de barco pelo Cabo do Medo e Max resolve visitar (sacanagem, nem levou um vinhozinho). Max seqüestra a família, mas depois acaba morrendo no rio (tinha esquecido as boinhas de braço). Um dos melhores filmes do Martin Scorsese, grande clássico !!!

Cena Inesquecível: Cena em que o advogado manda uns capangas baterem no Max, com direito a corrente, taco de baseball e pena de ganso.

Veja a cena da porradaria (couselor? couselor?Meda!! De Niro tá muito foda!):



Curiosidade: a história do Sideshow Bob dos Simpsons tem como base o personagem Max Cady. Tem até um episódio que eles satirizam o filme, onde o Sideshow Bob tenta matar o Bart por vingança. Abaixo a cena do cinema, zuando o 2º vídeo deste post. Depois tem as tatoos de vingança (eeeee!!! Simpsons de novo!!!).

Mudando de assunto:

Filmes com tequila:
A Mexicana, Drink no Inferno e Babel.

3 comentários:

Malu disse...

Para falar a verdade nunca vi esse filme...

Thiago disse...

Não lembro de ter visto na sessão da tarde...

Abraços.

Igor disse...

Sei que esse filme passou no SBT, mudando de assunto, hoje passou Gremlis.
Domingo passará Indiana Jones!