Se você está cansado destes filmes dessa geração Power Rangers, venha conhecer um blog que só vai abordar filmes mais antigos da Sessão da Tarde. São comentários bem humorados envolvendo filmes e a vida.

37 - Loucademia de Polícia 1

Para não começar o ano de 2008 devendo meus leitores (não posso dizer o mesmo dos credores), estou postando o primeiro filme do Cinema em Casa escolhido por vocês. Este é o meu presente de Natal (que pobreza). Feliz Natal a todos e que comam muito peru, rabanada e outras comidas com duplo sentido. Valeu!


Original: Police Academy

Lançamento: 16/04/1984

Atores: Steve Guttenberg
David Graf

Diretor: Hugh Wilson



Clássico de qualquer criança que nasceu nos anos 80. Esse filme sempre me lembrava da turma da escola, meu sonho era formar uma galera Loucademia de Polícia. Mas nunca consegui (mais um sonho não realizado). Conseguia reunir um gordão, um altão, uma gostosa, até um maluco por armas, mas nunca conseguir um cara que fizesse imitações. O máximo que consegui foi um que fazia a vozinha do Gil Gomes (devia ter estudado com o Tom Cavalcante). Eu era o desastrado, o conhecido mão furada, era aquele que sempre derramava Coca no uniforme, riscava o braço com caneta, toda hora derrubava o estojo no chão (hoje em dia, eu só me sujo com catchup de sache).

Veja um trailer da época (época de “Compre Batom, seu filho merece Batom).



O melhor deste filme são os personagens, que possuem cada um uma característica marcante. Tinha a cadete Laverne que possuía uma vozinha fininha e baixinha (parecia que tava entalada com alguma coisa, dava nervoso), tinha o gordinho Barbara (que na verdade nem era muito engraçado), tinha o garanhão George Martín que acaba pegando a instrutora peituda (nossa, ela era sensacional!!! Opa, caiu uma baba aqui), o grandalhão Hightower que antes de virar policial era florista (os gigantes também amam) e um dos melhores era o Jones que imitava tudo que se podia imaginar (a cena dele jogando vídeo game sozinho no quarto é hilária!). Abaixo uma amostra do seu talento (o melhor é o barulhinho do fim da mensagem).



Ainda tinha o malandrão do Mahoney, que é um tipo de Didi dos Trapalhões, sempre arrumava as confusões (tá bom, o Didi era mais engraçado que ele). Tem também uma cadete, que nem lembro o nome, que só tá no filme pro Mahoney dar uns pegas. Tinha o desastrado Fackler, (que era o Mr. Bean do filme), mas não poderia faltar o nosso doidinho por armas, cadete Eugene Tackleberry. Ele, junto com o Jones, tem as cenas mais engraçadas do filme, como aquela onde ele usa um trambuco no tiro a alvo e ainda diz que foi a mãe dele que lhe deu de presente (porra, e minha mãe nem me dava aquelas arminhas de espoleta). Abaixo uma cena hilária onde o Tackleberry mostra as suas “habilidades” no circuito (a cara que o sargento Harris faz é muito boa).



Os graduados da academia também são muito bons. O sargento Harris, apesar de ser o “vilão” é muito engraçado, sempre nervozinho e com aquele bastãozinho (que merda era aquela? Pra que serve aquele bastão? Sei que ele sempre ilustrava e... humm... acho que o Harris gostava de um kibe de ré... é só uma teoria). A sargenta Callahan também tinha muitos “talentos”, eram firmes, duros, redondos e perfeitos (peitos grandes? É mesmo? Nem reparei... estava focado nos seus “talentos). Pra finalizar essa tropa de elite, temos o Comandante Lassard, um homem respeitado por seu pulso firme e dureza com seus comandados, principalmente, com o seu peixinho dourado. Abaixo uma cena hilária do bola-gato que rola na apresentação de slides (tem um momento que ele diz “vamos apenas ver e refletir sobre este slide”.... haha).



Cena Inesquecível: Cena que marcou o primeiro filme da série e foi introduzida em todos os outros Loucademias: a cena do Bar Gay. Cena clássica onde o malandro Mahoney manda os dois cadetes x-9 do Harris para um bar gay, dizendo que seria o local de uma festa da turma (maneiro que um dos x-9 fica amarradão).

Veja a cena no The Blue Oyster Bar (um bar onde todos se amarram em Bárbara Streisand).



Curiosidade: Vocês lembram que o Loucademia de Polícia virou desenho animado? Pois é... puxei essa do fundo do baú. Abaixo alguns desenhos do Mahoney, Jones e Tackleberry (hehe... velhos tempos...).


Mudando de assunto:

Filmes com advogados:
Advogado do Diabo, A Firma e O Mentiroso.

Marcadores:

36 - Willow - Na Terra da Magia

Original: Willow

Lançamento: 20/05/1988

Atores: Val Kilmer
Warwick Davis

Diretor: Ron Howard



Nossa, esse filme é só pra quem é total anos 80. Como a gente gostava de cada coisa ruim! Esse filme é muito freak! Não tenho nada contra anões, mas vê todos eles reunidos era meio estranho, parece coisa de pegadinha do Faustão ou Jackass. Lembro que os baixinhos do colégio sofreram nesta época, de um dia para o outro, todos eles viraram Willows (hehe, criança é foda! Não perdoam!). Uma coisa é certa, naquela vila do Willow com certeza tinha velório de anão (ah, achou que eu não ia fazer essa piadinha manjada? Errou!).

Veja o trailer da época (época que era maneiro usar luvinha estilo Madonna).



O que mais me dava nervoso neste filme era quando o Willow segurava o bebê, parecia que a qualquer momento ia derrubar a criança, e tinha cenas que ele ainda corria! (“segura direito porra!”). Pior é que existiam umas pessoinhas que eram menores que os anões. Seriam mini-anões? (o elenco desse filme poderia formar um Circo de Bizarrices, ia faturar). Abaixo uma cena rapidinha onde se descobre que o herói do filme estava vestido de mulher (o cara gritando na cena parece um homem descobrindo que tinha pego um traveco. Não que isso tenha acontecido comigo).



Para tornar este filme mais bizzarro, só se tivesse grandes profissionais de Hollywood envolvidos. E não é que tinha. Primeiro, o filme foi escrito por um Zé Mane chamado George Lucas (acho que depois de fazer a trilogia de Star Wars e de ter tomado todas, deve ter escrito este “filmão” doidão). Segundo, o diretor foi nada menos que Ron Howard, que já dirigiu Apollo 13, Código de Da Vinci e Mente Brilhante (a escolha de dirigir Willow não foi nada brilhante. Péssima essa!). Terceiro, conseguiram convencer o Val Kilmer que tinha acabado de fazer dois bons filmes, Top Secret e Top Gun, a fazer o herói de Willow (deve ser por isso que a carreira dele quase foi ladeira a baixo). E o filme ainda concorreu ao Oscar em efeitos visuais e sonoros (que filme FREAK!!!).

Nem lembro direito da história do filme, mas sei que tem uma rainha má que quer desesperadamente matar um bebê (deve ser aquela clássica história do neném ser herdeiro de algum reino). E nosso amigo Willow encontra o bebê em um rio e passa o filme todo salvando ele dos cavaleiros do mal (tem um cavaleiro que usa uma máscara que é igual a cara do Esqueleto do He-man). No meio da fuga ele encontra um prisioneiro, Val Kilmer, que passa a ajudar o Willow. No final (que eu não me lembro), o bebê se salva e sei lá, (ninguém deve tá lendo mais esse post mesmo).

Cena Inesquecível: Cena clássica do filme, onde o Willow e o Val Kilmer descem num trenó as montanhas geladas. O mais tosco é no fim da cena o Val Kilmer descendo a montanha numa bola de neve, parece desenho do Tom e Jerry.

Vejam a cena “Jogos de Inverno” (o vídeo é meio grandinho, mas a cena do trenó é mais pro fim).


Curiosidade: O ator Warwick Davis que faz o papel do Willow tinha apenas 18 anos no filme. Ele também trabalhou em Retorno de Jedi e faz o professor Flitwick nos filmes do Harry Potter (também, esperavam o que? Que ele fizesse filme sobre basquete?).

Mudando de assunto:

Filmes com ônibus:
Velocidade Máxima, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban e Uma equipe muito Especial.

Marcadores:

Cinema em Casa I

Para mostrar que não tenho contrato exclusivo com a Globo, resolvi dar uma chance aos filmes do SBT. Mas como não sou tão bonzinho assim, os filmes terão que duelar para virarem post no Sessão da Tarde.

E para apresentar os filmes, convidei um tal de Silvio Santos (imaginem a voz dele, por favor)

Loucademia de Polícia 1





“Máoi! Ih, ih! Esse filme é muito bommm! Eu não vi. Mas minha filha viu, e disse que é muito bommm. Então votem nesse e saem dançando e rodando... ih, ih!”




Greystoke - A Lenda de Tarzan, O Rei da Selva

“Máoi! Esse Tarzan é muito bommm. Ih,ih! Eu não vi, mas o Lombarde viu. Não é Lombarde?”

“É sim, Silvio!”

“Então votem nesse se gostarem do homem do cipó. E o bambu? Sai pra lá. Ih, ih!”


Após esta marcante introdução, votem em quem quiser e o vencedor será o primeiro filme da concorrência.

NOVIDADES

Novidades para os leitores do Sessão da Tarde (é, pra vocês 10), o nosso* blog está tendo repercussão internacional (tá bom, interwebal) e tá rolando duas novidades (que não devem interessar a vocês, mas leiam).

1) O Sessão da Tarde virou um supositório, não sei se isso é bom ou ruim, mas tô entrando .


Valeu Soneca do Metabolismo Basal, vou entrar nesta campanha de cabeça!


2) Também tive a honra de ser indicado pelo Tigre de Bengala para participar da campanha "Eu tenho um blog de elite", criado pelo Putsgrilo


Como nada é de graça (ou não), devo indicar mais 5 blogs para participar da campanha e se me indicarem também ganho alguma coisa, sei lá.

- Soneca do Metabolismo Basal que está sempre metabolisando com as novidades deste mundo insano.

- Malu do O Demônio do Meio Dia porque ela tem um blog das trevas (eita saravá!)

- Bruno do Ervilha Atômica porque coisas inúteis é melhor do que ver novela das 8.

- Herói Local que sempre me salva com fotografias e muita arte irada!!

- Emily do Sem Querer Saiu que sempre tem uma historinha meiga.

E chega de notícias, isso aqui é um blog sério.

* MEU!!!!!

POST EXTRA – UM TIRA DA PESADA I




2º DECRETO

Copiar a minha risada sacana






Como no início do blog Sessão da Tarde não dispunha de alta tecnologia (estava ainda na pré-revolução Googliana), alguns post’s ficaram sem vídeos. Por isso, vou me redimir com este extra. Divirtam-se com algumas cenas de Um Tira da Pesada.

Trailer do filme (hehe... porra nunca consegui imitar aquela risadinha dele)



Na cena abaixo, onde o Eddie ri de uns dois caras que estão com roupa apertada de couro preto e vermelho. É uma sátira a mesma roupa de couro que ele usava na apresentação do stand-up Raw. (muito bom o “get the fuck out of here” do viadinho que fazia Primo Cruzado)



Cena que sempre tem em todos os filmes do Um Tira da Pesada, cena da boate de strip (sacanagem, o Phillip nem pra falar direito com o Eddie).




Vejam abaixo alguns leitores que já estão aprendendo o 1º Decreto de nosso Rei.

Daniel, de Pelotas

Dudu, de Springfield

Jonas, de Brasília

Matador, de Friburgo

Déjà vu: Arquivo Agosto 2007

Depois destas férias, não é que esqueci dos filmes que já postei. Acho que entrei naquela fase da vida onde para cada coisa nova aprendida, me esqueço de 5. Outro dia esqueci o nome do meu cachorro, e o pior é que o nome estava escrito na coleira dele (além de esquecido, to ficando analfabeto). Ainda bem que existem as memórias de CPU, senão nem lembraria do que rolou em agosto.

21 - Férias Frustradas
22 - Os Fantasmas Se Divertem
23 - Tubarão I
24 - Cegos, Surdos e Loucos
25 - Rambo - Programado para Matar
26 - Um Dia a Casa Cai
POST EXTRA - OS GOONIES