Se você está cansado destes filmes dessa geração Power Rangers, venha conhecer um blog que só vai abordar filmes mais antigos da Sessão da Tarde. São comentários bem humorados envolvendo filmes e a vida.

06 - Tira da Pesada I


Original: Beverly Hills Cop

Lançamento: 05/12/1984

Atores: Eddie Murphy
Judge Reinhold

Diretor: Martin Brest






Esse filme foi o primeiro a revelar um dos grandes astros da Sessão da Tarde: Eddie Murphy. Ele deve ter no mínimo uns 5 filmes como Top 10 da Sessão da Tarde. Além disso, o dublador do Eddie Murphy é um dos melhores do Brasil (só a voz já dá vontade de rir).

Mas esse filme me trouxe um trauma de infância (mais um, mas eu não sou louco tá!!) que persiste até hoje: eu nunca consegui levantar uma das sobrancelhas como o Eddie Murphy (deve ser alguma técnica oriental ou indiana). Para mim, este é o verdadeiro olhar 43 (droga, não consigo fazer, maldita sobrancelha).

Bem, voltando ao filme, o detetive de Detroit, Axel Foley (nome maneiro, vou ter um cachorro com esse nome), vai para Los Angeles investigar o assassinato de um amigo e “bate” de frente com os policiais de L.A.. Dali para frente tem muita ação, comédia e bares de strip-tease (para um menino de 8 anos, estas cenas são inesquecíveis). Só não me pergunte por que o Axel Foley (pega o osso Axel! Bom menino) adorava tanto essas “meninas”.

Cena Inesquecível: A cena da banana no cano de descarga (sem trocadilhos, por favor). Axel Foley para evitar que os detetives Rosewood e Taggart vão atrás dele, coloca bananas dentro do cano de descarga e isso faz com que o carro não funcione. Depois ainda solta aquela gargalhada que só o Eddie Murphy tem.

Aguardem que filmes do Eddie Murphy não vão faltar neste blog. Se alguém lembrar de outros, me avisem.

Curiosidade: Antes de Eddie Murphy, o papel de Axel Foley foi oferecido para o Sylvester Stallone (nossa! Imagina que toscaria que ficaria o filme). E ainda dizem que ele, Sylvester Stallone, roubou algumas idéias para colocar no filme Stallone Cobra (que pilantra).

Mudando de assunto:

Filmes com extraterrestres:
E.T., Predador e Marte Ataca.

Marcadores:

05 - Os Caça-Fantasmas I

Original: Ghostbusters

Lançamento: 21/12/1984

Atores: Bill Murray
Dan Aykroyd
Sigourney Weaver
Rick Moranis

Diretor: Ivan Reitman




“Who you´re gonna call? Ghostbusters”. Quem não adorava essa música? Clássica. Esse filme se tornou uma “febre” rendendo bonecos, revistinhas, desenhos animados e roupas. Tive até uma camisa dos Caça-Fantasmas da Mesbla (é, sou da época da Mesbla) que brilhava no escuro (brega, mas eu só tinha 7 anos, me dá um desconto!). Além disso, quem nunca brincou em ser caça-fantasmas, jogando caixa de sapato como armadilha e usando cabo de vassoura como arma de prótons (será que com nêutrons não funcionava?).

Esse filme me revelou um ator que aprendi a adorar, Bill Murray. Sempre muito cínico e cara de pau, fez outros clássicos como Almôndegas, Nosso Querido Bob e Feitiço do Tempo (“Phil?Phil?”... hehehe piada interna do filme). Mas Caça-Fantasmas também me rendeu um trauma (que só com muita análise pra curar), foi devido a cena inicial da “velhinha” na biblioteca que virava um fantasma monstro. Como tinha medo daquela fdp voando em cima da gente (ainda tenho pesadelos com isso).

A história é simples: os desempregados e doutores Peter Venkman, o canastrão, Raymond Stantz (Ray), o inventor, e Egon Spengler, o nerd (garanhão, deu uns pegas na secretária), resolvem abrir os Caça-Fantasmas pra descolar uma graninha com os fantasmas de Nova York. Sigourney Weaver faz a possuída Zuul, enquanto Rick Moranis (não sei por que esse cara não deu certo?) fez o atrapalhado vizinho Louis Tully (“Você é o guardião?”). E não podemos esquecer do Geléia que fez um duelo “faroeste” com o Peter Venkamn de matar de rir.

Cena Inesquecível: A cena onde Gozer (aquela mulher no final com cabelinho de macho) diz que a punição para os Caça-Fantasmas seria na forma do primeiro pensamento de um deles. Então ela diz “A escolha foi feita”, e todos ficam perguntando quem tinha pensado em algo e se viram para o Ray, encolhido com a cabeça baixa e diz “eu pensei numa coisa da minha infância, não pude resistir”. E eis que surge o Monstro de Marshmallow (Mr. Stay Puft no original). Muito bom!!!


Ah! E quase me esqueci, depois entrou nos Caça-Fantasmas o Winston (não sei pra que?Acho que é só pra dizer que os Caça-Fantasmas não eram preconceituosos).

Curiosidade: O diretor, Ivan Reitman, fez as vozes de Zuul e do Geléia.

Mudando de assunto:

Filmes com tanques: Platoon, Resgate do soldado Ryan e Minha mulher é o diabo.

Marcadores:

04 - Conta Comigo

Original: Stand by me

Lançamento: 08/08/1986

Atores: River Phoenix
Corey Feldman

Diretores: Rob Reiner




Desculpe galera, mas acabou a graça, agora o papo é sério. Taí o primeiro filme de drama do meu blog e que filme! Provavelmente o primeiro gênero de drama de muitas crianças dos anos 80 (sim, eu me incluo neste seleto grupo), tirando aqueles filmes tristes que tinham cachorrinhos perdidos na floresta... aí era covardia.

Baseado em um conto (O Corpo) do Stephen King (só o nome dele já dá medo), Conta Comigo revelou e confirmou certos atores mirins como o Corey Feldman que no ano anterior tinha feito Os Goonies (post dos Goonies logo abaixo, para quem teve a ousadia de não ler) e River Phoenix que depois fez o jovem Indiana Jones no terceiro filme.

A história é simples: um grupo de 4 amigos sai em busca do corpo de um menino que tinha sumido na floresta (que macabro, também o que esperar de Stephen King). Dali em diante o que se vê é cachorro maluco, tentativa de suicídio, trem, sanguessugas e muito muito choro (não meu, porque sou macho!!!). É um filme que toda criança deveria ver e rever (buá, buá, buá.... desculpem, me lembrei daquele cachorrinho perdido na floresta... sozinho...).

Cena Inesquecível: A cena em que o Vern fica na ponte no trilho do trem, esperando o trem chegar. É uma cena angustiante que dá vontade de desligar a tv. Mas graças a Deus, seu amigo Gordie tira ele do trilho e acaba com essa tortura. Ufa! Foi por pouco.

Curiosidade: O ator Kiefer Sutherland faz o papel de Ace Merrill, um dos valentões mais velhos, e o ator Richard Dreyfuss faz o papel do Gordie adulto e também narra a história.

Mudando de assunto:

Filmes com carros: 60 segundos, Dias de trovão e Se meu Fusca falasse.

Marcadores:

03 - De Volta para o Futuro I

Original: Back to The Future

Lançamento: 29/12/1985

Atores: Michael J. Fox
Christopher Lloyd

Diretores: Robert Zemeckis



O título deste filme eu nunca consegui entender, o McFly não volta para o passado? Acho que escolheram o nome do filme quando ele estava no passado, não? (vai entender esses holywoodianos). Mas confusões a parte, taí um filme muito bom que consegue reunir ficção científica, comédia, aventura e, francamente, um pouquinho de Complexo de Édipo (o cara quase pegou a mãe!) que nem Freud explica.

Mas quem nunca pensou em voltar ao passado e anotar os números da Mega-Sena ou fingir que é profeta (estilo Oráculo do Matrix). Quando era criança me amarrava no DeLorean (muito chique, o carro tinha nome), só porque a porta abria pra cima. Acho que quebrei umas 20 portas dos meus carrinhos tentando imitar (malditos carrinhos hot weels!!).


Michael J. Fox (esse cara nunca envelhece?) faz o papel de Marty McFly que é amigo do Dr. Emmett Brown (ele não lembra aquele tio que o seu pai sempre falava que você iria se tornar se não estudasse?), um cientista muito pirado, que inventa um carro que funciona como uma máquina do tempo (e ainda serve pra dar cavalinho-de-pau). McFly acaba voltando pro passado onde se envolve com sua mãe (mãezinha gatinha) e se torna amigo de seu pai (nerd bucha). Sem esquecer do Biff Tannen que sempre caia de cara no cocô de cavalo (humm... que delícia).

Cena Inesquecível: A apresentação de Marty, tocando Johnny B. Goode no colégio, com direito até a deslizar de joelhos. Acho que é o sonho de qualquer adolescente, tocar um solo de guitarra irado na frente da galera toda (não é nenhum trauma meu de infância não, tá!).

Curiosidade: O ator Thomas F. Wilson que fez o Biff, já participou de 8 episódios do Bob Esponja como vozes dos clientes da lanchonete do Siri Cascudo.


Mudando de assunto:

Filmes com neve: O Dia Depois de Amanhã, Era do Gelo e Férias Frustradas de Natal.

Marcadores:

02 - Os Goonies

Original: The Goonies

Lançamento: 07/06/1985
Atores: Sean Astin
Corey Feldman

Diretor: Richard Donner

Se você não é um Goonie, não precisa nem continuar lendo. Esse filme é o maior clássico da Sessão da Tarde, lembrado por 10 em cada 10 pessoas que tiveram sua infância nos anos 80 (sim, éramos brega e daí?). E Goonies era aquele filme que você sempre tinha que ver, nem que isso significasse faltar o cursinho de inglês ou aquela aula de reforço de Matemática (maldita Matemática!).

Filme escrito por Steven Spielberg (esse é roteirista, diretor, produtor e ainda lava e passa) e estrelado por diversos atores mirins que ninguém lembra o nome, mas todos se lembram do asmático Mikey, do “professor” de espanhol Bocão, do inventor Data e do gordo Gordo (figuraça!).
Essa turma (sei que o termo é antigo, mas sou conservador) sai em busca de um tesouro para impedir que as suas casas sejam demolidas e acabam se envolvendo com um bando de criminosos (ou o bando dos 3 patetas) e o cara mais bonito de Hollywood: Sloth (Chocolate!!!). O filme todo tem como trilha sonora Cyndi Lauper (essa sim era muito brega).

Cena Inesquecível: Quando o Gordo conhece Sloth que está acorrentado e vendo um filme de pirata na tv. O Gordo oferece chocolate pra ele e ele começa a gritar e o Gordo também, pulando amarrado na cadeira até cair no chão. Muito bom a gritaria dos dois... que acabam virando amigos. Detalhe é o Sloth mexendo a orelhinha... eca!

Um filme que com certeza marcou uma geração inteira e transformou todos em Goonies.

Curiosidade: O ator John Matuszak que fez o papel de Sloth, também participou do primeiro episódio de Miami Vice. E o Mikey, o asmático, fez o Sam de Senhor dos Anéis.


Mudando de assunto:

Filmes com bichinhos: Beethoven, Benji e Tubarão.

Marcadores:

01 - Top Secret! Superconfidencial

Original: Top Secret!

Lançamento: 08/06/1984

Atores: Val Kilmer
Omar Sharif

Diretores: Jim Abrahams
David Zucker





Tive que começar minha primeira análise de filmes, por um que marcou minha infância: TOP SECRET! (com ponto de exclamação mesmo!). Acho que foi um dos filmes que mais vi e revi na minha vida.

Besteirol completo baseado em filmes de espiões como 007, misturando Lagoa Azul, filmes de guerra e até Mágico de OZ (Quem não se lembra da despedida do Espantalho, chorei muito naquela cena). Uma misturada que resulta num filme engraçado e non sense total.



Val Kilmer faz o papel do roqueiro Nick Rivers que se vê envolvido no meio de um plano de nazistas (sempre eles) para detonar o mundo. Junto com seus “soldados” Du Quois, Déjà Vu, Mousse de Chocolate (vai um gole de gasolina?) e o imortal Latrin, saem para resgatar um cientista pai da bela Hillary Flammond (eita cabelo duro!), que teve um caso com o traidor da resistência Nigel (aqueles cachinhos de ouro nunca me enganaram!).

Cena Inesquecível: A, desculpe a expressão, “currada” que o Nigel toma do touro quando ele e o Du Quois estão vestidos de vaca (que fuma cigarro, usa botas e muge: “mííííí”). Esta cena, com direito até a musiquinha de Tubarão, é hilária... que acaba com o grito de dor do Nigel (bem feito).

É um clássico que deve ser um dos Top 10 na lista de filmes de comédia.

Curiosidade: O ator Peter Cushing que faz o papel daquele livreiro olhudo, foi um dos comandantes do Darth Vader em Guerra nas Estrelas IV

Seção Eu Recomendo:

Filmes com danças: Footlose, Flash Dance e Austin Powers.

Marcadores:

Post 0

Fala galera (se é que tem galera aí?),
Tô começando meu blog sobre filmes das antigas e como muitos comecei a gostar de filmes por causa da Sessão da Tarde (logo após ver Chaves no SBT).

Sou cinéfilo (tenho mais de 100 dvd's em casa!! Eita...) e estou abrindo esse espaço para discutir e falar sobre cinema, filmes, dvd's, atores, diretores, pipoca mais gostosa e misturar isso tudo com as coisas cotidianas da vida.

Bem, em breve, estarei postando meu verdadeiro primeiro post, espero que tenha alguém para ler (se é que alguém leu este post).

Rolando e...... ação!