Se você está cansado destes filmes dessa geração Power Rangers, venha conhecer um blog que só vai abordar filmes mais antigos da Sessão da Tarde. São comentários bem humorados envolvendo filmes e a vida.

35 - O Rapto do Menino Dourado



1º DECRETO:


Todos terão que aprender a levantar a sobrancelha de um olho só.





Original: The Golden Child

Lançamento: 12/12/1986

Atores: Eddie Murphy
Charles Dance

Diretor: Michael Ritchie



Tibetanos, diabo com cara de escocês, um negro de Los Angeles, menino careca, esse filme é quase um cartão de natal da Unisef, homenageando todos os povos (só faltou o Brasil, que provavelmente seria interpretado por uma morena sambista que fala espanhol). Quando era moleque ficava impressionado com esse filme: um garotinho que ressuscitava passarinhos, um diabo com asas, pratos com sangue (eita macumba braba) e ainda tinha um dos bandidos com cara de macaco albino (esse cara era totalmente freak, com uma corrente, boné e óculos Rayban ). Só salvava a tibetana que era gostosinha. Li na web que muitas pessoas não gostavam deste filme, não é o melhor de Eddie, mas sempre tem boas tiradas.

Veja um trailer da época (época de Caverna do Dragão, será que o Mestre dos Magos era o Vingador?).



Nunca entendi porque o “escolhido” para salvar o tibetano “menino dourado” era um ocidental negro norte-americano de LA. (Onde estavam os grandes ninjas e samurais? Dando aula de lutas marciais em academias?). Adorava aquele velho tibetano que sempre sacaneava o Eddie, sumia com o dinheiro dele, muito pilantra! E o diabo? Parecia um lord escocês, só faltava tomar uísque e usar saia (adoro saias... digo, não em mim, nas mulheres... é melhor parar de me explicar). E será que o diabo-chefe não tinha telefone? Celular? Telefone de copinho? Porque quando o lord precisava falar com o Sr. Lúcifer tinha que fazer todo um ritual, com meditação, fogo, paredes quebrando.(não era mais barato um interurbano para o inferno?).

Morro de rir de uma cena quando o Eddie vai pedir o punhal pro velho tibetano e faz uma mixagem numa pilastra que gira: “eu quero o pu-pu-pu-punhallllll!” (hehe, palhaçada, mas adoro). E a cena dele pegando o punhal, pulando de tronco em tronco sem deixar a água do copo cair, os efeitos especiais são muito toscos (parecia prova da Olimpíadas do Faustão). Outro dia estava revendo em dvd e tinha uma cena inicial que a tibetana vai pedir ajuda do Eddie. Aí ele pega um pergaminho dela e diz que ela deve tá fumando muita maconha e simula, com o pergaminho, enrolando um baseado. Vocês se lembram desta cena na Sessão da Tarde? Acho que rolou uma censura ou dublaram outra fala tipo “aí, eu enrolo este pergaminho e peço pra você ir embora pro seu país lelé” (nossa que bosta, pior que dublagem do SBT).

Impressionante como os anos 80 era cafona, que chapeuzinho era aquele que o Eddie usava? Será que eles achavam que dava um toque oriental? (parecia um cozinheiro de restaurante japonês). E o nome do personagem? Chandler Jarrell. Não sei nem explicar a origem desse nome. Em compensação o lord-diabo tinha um nome tão bichinha: Sardo Numspa. Numspa? Nossa que medo, parece nome científico de sapo: “eis aqui o exemplar africanus numspa, da família dos numspasmius”.

A história é sobre um “menino dourado” que tem poderes especiais que é seqüestrado por capangas do capeta. O único que pode salvá-lo é o Chandler Jarrell, um detetive de crianças desaparecidas (ele podia ajudar os portugueses na investigação da Madaleine). Então ele se apaixona pela tibetana que “convoca” ele. Eles lutam contra o demo e recuperam o skinhead infantil. Engraçado que o filme é da época pré-merchan nos filmes, e tem uma cena em que o carequinha coloca uma latinha da Pepsi pra dançar, a cena deve durar uns 3 minutos (deve ser por isso que eu só tomava Pepsi quando era criança).

Cena Inesquecível: Característica clássica do Eddie é sempre cantar, zuando alguma música. Abaixo um exemplo dessas cenas (se ele cantasse assim hoje em dia num avião, ia ser cercado por policiais anti-terror):



Curiosidade: Eddie Murphy já foi indicado para 4 Globos de Ouro de melhor ator em comédia ou musical por: 48 horas, Tira da Pesada, Trocando as Bolas e Professor Aloprado. E levou o Globo de Ouro como ator coadjuvante por Dreamgirls.

Mudando de assunto:

Filmes com anjos: Michael:
Anjo e Sedutor, Auto da Compadecida e Dogma

Marcadores:

4 Comentários:

Anonymous Igor disse...

Nunca vi esse filme inteiro.. :(. Mas lembro da cena da pepsi.
Acho que vou à guilhotina, até agora não consegui realizar o 1º decreto.

1 de dezembro de 2007 00:25

 
Anonymous line disse...

- ^

consegui hsuahsuhasuhashauhsahsu

Numspa?
acho que o nome dele deveria ser Numasauna combina mais com ele

esse filme realmente nao e dos melhores mas tem umas cenas que valem a pena

VIDA LONGA AO REI!!!!!!

3 de dezembro de 2007 09:55

 
Anonymous Anônimo disse...

Acabei de ver esse filme na sessão da tarde pela milesima vez

E posso dizer com toda a certeza ele é tão tosco quanto a sessão da tarde

13 de dezembro de 2007 17:55

 
Blogger juarez disse...

alguém sabe onde achar um filme antigo que passava na sessão da tarde no começo dos anos 80s, goldie e o pugilista? juarezlazaro@ig.com.br

9 de janeiro de 2010 11:45

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Início