Se você está cansado destes filmes dessa geração Power Rangers, venha conhecer um blog que só vai abordar filmes mais antigos da Sessão da Tarde. São comentários bem humorados envolvendo filmes e a vida.

34 - Comando para Matar

Vocês pensaram que eu esqueci do nosso bi-campeão Igor “Frankenstein” (não é bissexual,... horrível essa, desculpem, estou voltando ritmo depois das férias) que ganhou a Promoção “Qual é a música? (II)”. Bem, na verdade esqueci, mas o post do Batman me lembrou. Por isso, com atraso de meses, vejam o filme escolhido pelo Igor.

AVISO: Este post contém muita violência, sangu e sexo (este último não tem, mas se quiserem posso botar um filminho pornô no fim). Por isso, este post será sangrento.

Original: Commando

Lançamento: 04/10/1985

Atores: Arnold Schwarzenegger
Vernon Wells

Diretor: Mark L. Lester






Platoon? Godzilla? Capitão Nascimento? Nada disso, é o Arnold Schwarzenegger nervoso. Sabiam que esse filme é um dos mais violentos, onde morrem mais bandidos. (é sério, nada menos de 88 mortes). Esse filme influenciou diversas crianças a pedir arminhas de brinquedo que foram negadas pelos pais, mas como a vida não é perfeita, sempre tinha um tio fdp que dava (e pior, eram aquelas que atiravam água). Sempre sonhei em invadir uma loja de armas, igual no filme, e só roubar granadas. Ia arremessar granada pra tudo que é lado, principalmente na casa daquele playboyzinho do Marquinhos, viadinho, “quem manda agora? Fala seu merdinha?”... desculpem, são apenas alguns esqueletos do meu passado querendo voltar (e caso aconteça alguma coisa com o Marquinhos, não fui eu).

Veja o trailer da época (época que muitas crianças aprenderam a desenhar com o Daniel Azulay).




Convenhamos, a melhor parada deste filme é aquele lança-foguetes. Acho que todo mundo deveria ter direito a ter um destes (podia vir junto com a certidão de nascimento). Com certeza não ia ter mais conflito no Oriente Médio. Esse filme mistura violência e piadinhas, geralmente com palavrões. No vídeo abaixo contei 48 mortes, sem contar um cara que perdeu o braço (será que ele já achou?). Vejam e confirmem se foram 48 mesmo, sabe como é publicitário não combina com matemática (o mais legal é a diversidade de armas utilizadas, rola até garfo de feno... hehe). É impressão minha ou aparece uma bandeira de Portugal pendurada na mansão atrás dos bandidos?



Sem dúvida é o filme mais violento do Schwarzenegger e onde ele aparece mais forte (ui! Que peitoral!). Nesse filme, seu personagem, John Matrix, faz frente com o Sly em Rambo, seria maneiro um tira-teima. Detalhe é que o nome do Rambo também é John, será que todo John é matador e bombado? (será que o John Lenon era bombado por de trás daquele terninho dos Beatles?). Outro personagem que marca o filme é o Bennett, com seu bigode Freddie Mercury (será que na época achavam que esse bigode dava medo? Acho que só nas mulheres, que coisa horrorosa!), e detalhe que ele usava um colete de metal, meio gay e meio cavaleiro do Senhor dos Anéis, sei lá (nos anos 80 não existia muita moda e as pessoas saiam com o que quisessem, vestiam saco de batata, pé de pato, ombreira... deve ser ressaca dos anos 70). Abaixo uma cena boa no hotel (“fuck you ass hole”, que poético).



Schwarzenegger é um ex-coronel que tem a filha seqüestrada por um ex-ditador da América Latina (Chavez? Fidel? Collor? Algum prof. de Filosofia da UFRJ?), que pede para ele matar o atual presidente Velasquez (ahiba!). Mas John Matrix (não é o Neo) prefere matar geral e buscar a filha das garras do Bennett “Mercury”, um ex-companheiro de combate. Então ele mata os chicos e acaba com a carreira do Marcury. O melhor do filme são as piadinhas, abaixo um exemplo.



Cena Inesquecível: Cena final quando o John cai na porrada com o Freddie Mercury. Acho que o vilão é meio estranho, vejam o gritinho que ele dá quando toma um choque (sei não, essa Coca é Fanta, esse catchup é mostarda, esse lápis é lapiseira... ha, vocês entenderam).

Veja a cena do reencontro dos ex-amigos (lembro na versão dublada do Bennett falando: “você está ficando velho John”... hehe):



Curiosidade: Arnold Schwarzenegger está no Guiness Book como o homem com o desenvolvimento corporal perfeito. Seu braço já chegou a medir 55,88 cm, já o seu bilau tem uma ereção de - 45º.

Mudando de assunto:

Filmes com manicômio:
Estranho no ninho, 12 macacos e De Médico e Louco todo mundo tem um pouco.

Marcadores:

6 Comentários:

Blogger Frigo disse...

Sensacional seu blog!
o tema é totalmente pertinente.
E falar de comando para matar o loco...o maior classico do Arnold.
Voce ainda colocou a melhor cena do filme...quando o cookie vai procurar o sully no motel mas ele ja nem existia mais...o melhor do comando para matar sem duvida sao as frases...

certo john?
ERRADO - tiro na cabeca do bandido

Eu como boinas verdes no cafe da manha

hahahaha
eu ate criei uma comunidade so para falar dessa cena

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=26968775

o filme esta inteiro disponivel no youtube...ainda nao versao dublada que fica muito melhor...rsrsrs

24 de novembro de 2007 12:49

 
Blogger Malu disse...

Nossa, nunca vi este filme... Mas também o Arnold nunca me empolgou... E com essa foto da forma dele agora só mostra o porquê.

29 de novembro de 2007 13:37

 
Blogger Murdock disse...

O ator que fez o Bennet faz um motoqueiro em Mad Max 2 e fica muito nervosinho quando matam o amigo (amante?) dele. Ah, e ele anda com uma calça que deixa a bunda de fora no filme.

28 de janeiro de 2008 03:45

 
Anonymous Sifu disse...

Primeira vez nesse blog, mas eu tive que comentar esse filme. Vi mais de 50 vezes (sem exagero nenhum) a ponto de convidar um amigo meu pra assistir um dia um filme, e ele desistindo de assistir depois que eu falava todas as falas antes da cena acontecer. Sem falar nos inumeros erros de edicoes, muitissimo mal editado, a cena do porsche e um bom exemplo.

7 de dezembro de 2009 04:36

 
Blogger Marcelo disse...

Acabei de conhecer o blog!!
Muito bom trabalho.
Já sou seguidor!!!

8 de janeiro de 2012 20:17

 
Anonymous Anônimo disse...

Tenho esse filme em dvd, e assisto pelo menos uma vez por mes, nao cansa nunca, um verdadeiro classico dos filmes de açao.

16 de agosto de 2014 19:57

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial