Se você está cansado destes filmes dessa geração Power Rangers, venha conhecer um blog que só vai abordar filmes mais antigos da Sessão da Tarde. São comentários bem humorados envolvendo filmes e a vida.

38 - Robocop - O Policial do Futuro

Peço desculpas a todos, mesmo não sendo culpa minha, pela falta de post na semana passada. O Blogger colocou meu blog como "blog spam" e me ferrei. Somente hoje liberaram pra postar. Não vou falar nada para não criar polêmica, mas acho que isso foi obra dos fãs do Cinema em Casa. Outra coisa, vamos bombar mais a última promoção. Coitado do Sloth, tá com pouca imaginação. Vamos dá um gás!!!

Original: Robocop

Lançamento: 17/07/1987

Atores: Peter Weller
Nancy Allen

Diretor: Paul Verhoeven





Calma, esse não é o Robocop Gay. É o legítimo Robocop Macho (bem... não sei se ele ficou com seu bilau intacto ou se ele mija sentado). Esse personagem foi marcante pra geração 80 e 90. Todo mundo adorava imitar ele andando, todo duro, virando a cabeça antes do corpo, fazendo a dança do robô (e ainda tinha gente que achava que tava abalando... gente tipo eu). Me amarrava no barulho que a pistola do Robocop (ui! Grandona!) fazia. Parecia uma metralhadora, com munição vitalícia. Nem o Capitão Nascimento tem uma arma dessas.

Veja o trailer da época (época que o Sergio Mallandro não era um tarado e chincheiro. Será que era?).



Esse filme tem várias cenas maneiras. Tem aquela onde o Robocop dá um tiro no bandido pela saia da mulher e estoura as bolas dele (ui! Todo homem deve ter feito cara de dor naquela cena). Outra cena boa é quando ele invade o armazém dos traficantes e mata um deles sem olhar, só virando a arma (tirando onda de playboy). Não sei se vocês perceberem, mas esse filme é violento pra caralho! A morte do Murphy é sinistra, metralham o cara todo, parece até a galera aqui do Morro do Turano com o x-9. Só faltou o latão pra botar fogo nele. Abaixo a cena da execução do Murphy na integra, sem cortes da Sessão da Tarde.



Mas sabe o que eu mais acho nojento neste filme? Não são as cenas das matanças. Não é aquela cabeça horrível quando o Robocop tira o capacete (que testão! eu disse testão!). Nem é aquela parceira horrorosa dele (eita, cabelinho ninho de cobra). Nojento era aquela papinha de neném que o Robocop tinha que comer (eca!), imagina ter que comer aquela gosma todo dia. Será que rolava sabor pizza ou churrasco? Um personagem que eu gosto é o Dick (ele tem cara de taxano que mata galinha com as mãos e come cabeça de camarão), isso sim é ser um executivo filho da puta, esse vende a mãe no Mercado Livre. Esse põe o Bush e o Chavez no chinelinho.

O filme se passa em Detroit, uma cidade dominada pelo crime, onde os policiais só pensam em donuts e fazer greve por melhores salários (mandam eles aqui pro Brasil pra ver o que é bom, não duram um dia). Até que alguém tem a brilhante idéia de fazer um “super-policial”, meio robô e meio idiota. Assim nasce Robocop, o policial papinha. Ele então passa a perseguir uma gangue de traficas que além de terem “matado” ele, vendem drogas e são financiadas pelo Dick “matador de galinhas”. No fim o Robocop caça toda a gangue a mata geral (menos o Dick, porque ele já tinha contrato fechado para o Robocop 2). Abaixo mais uma cena irada, onde um dos traficas cai no ácido e começa a ficar que nem o Papai Papudo.



Cena Inesquecível: Vocês acham que eu ia esquecer do nosso amigo e animador de festas ED? A cena da apresentação do ED-209 é muito boa, você fica realmente nervoso pelo cara que é fuzilado (pelo menos é um acionista a menos pra dividir o lucro da companhia):

Veja a cena do nosso amigo e robô “simpatia” ED (mais uma cena cortada pela Sessão da Tarde).



Curiosidade: A entrada do prédio da OCP é na verdade a entrada da Prefeitura de Dallas, com cenários colocados pela produção para dar a impressão de que o prédio é um arranha-céu gigantesco. Abaixo, a logo da OCP, junto com um distintivo da polícia de Detroit.

Mudando de assunto:

Filmes com formigas:
Formiga Z, Vida de Inseto e O ataque das formigas gigantes

Marcadores:

8 Comentários:

Blogger Malu disse...

Nem me lembre desse filme... Meu irmão era dessa turma que curtia imitar o robocop. Eu nem lembrava mais desse filme, foi bom rever.

16 de janeiro de 2008 17:03

 
Anonymous Igor disse...

Só esse robocop que prestou. Só lembro da frase:
"Obrigado pela sua cooperação. A OCP agradece."

17 de janeiro de 2008 15:17

 
Blogger barb michelen disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

17 de janeiro de 2008 16:43

 
Blogger Marcelo Holanda disse...

Q isso!!! Tamo crescendo, até spam gringo tamos recebendo.

Thank's!!!

17 de janeiro de 2008 16:52

 
Blogger rasant disse...

caraca não lembrava da morte do murphy, violentassa, até hoje acho meio perturbador a movimentação daquele robô ED e lembro bem até hoje, não sei em qual robocop eles tentaram criar um robô que matou 2 pessoas da ocp e se matou com um tiro na cabeça.

13 de setembro de 2008 00:57

 
Blogger nightrider disse...

o robo que mata as pessoas(na realidade uma,o outro leva um tiro no braço e aparece em robocop3) e depois se mata é do robocop2...

25 de dezembro de 2009 14:48

 
Anonymous Anônimo disse...

Olá,gostaria de saber se tem como baixar o filme deste site?Abração e aguardo resposta!

15 de julho de 2010 18:14

 
Anonymous Renan disse...

Vi os três filmes no cinema. Em Robocop 2 teve uma cena que nunca mais vi, em que um policial tem o tórax aberto ainda vivo numa maca, como se fosse uma autópsia. Dava para ver os orgãos internos no cinema. Nem na internet consegui uma versão com esta cena. Considero o 2 mais sinistro que o 1. O 3 já foi uma ponte para tornar robocop politicamente correto, e consequentemente estragar o personagem.

2 de agosto de 2012 05:26

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial